Como escolher os melhores sabonetes hidratantes e cremes para pele seca e prurido?

Os sabonetes hidratantes são essenciais para combater a pele seca e a coceira, assim como as loções e cremes com essa mesma função.

A pele seca é comum nos idosos, nos portadores de alergia, como asma, rinite, dermatite atópica e nos portadores do HIV.

Também acontece em pessoas que vivem nos países de clima frio e que são obrigadas a usar aquecedor no inverno, tornando o ambiente com baixa umidade e, consequentemente, gerando ressecamento da pele.

Continue lendo o nosso post e saiba mais sobre os sabonetes hidratantes e sua relação com a pele seca e prurido!

Pele seca e prurido

O excesso de banho pode induzir ou agravar o estado de pele seca,

Pele Seca

principalmente com a água quente. De modo a minimizar isso, a temperatura do banho deve ser ligeiramente elevada (quebrada a frieza) e também deve ser evitada a fricção excessiva da pele, especialmente com esponja. As pessoas que tenham pele excessivamente seca, recomenda-se o banho de imersão contendo substâncias especiais  durante 20 minutos.

A ruptura das células da pele, os corneócitos, é gerada pela umidade do ar abaixo de 15% e pela remoção da gordura natural, gerada pelo uso de sabões e detergentes.

Isso provoca a consequente eliminação de substâncias indutoras de inflamação da pele, levando a eczema e prurido.

A elevação da umidade ambiental para 60%, durante o inverno, através de aparelhos de aquecimento, pode ser benéfica para amenizar a sensação de pele seca.

Sabonetes hidratantes e cremes para pele seca e prurido

Os sabonetes comuns têm PH alcalino, entre 10 e 11, o que pode alterar a flora bacteriana da pele e aumentar o pH da camada córnea, a mais superficial da pele e a mais importante na função de barreira contra a penetração de microrganismos e a perda de água, que acontece de forma invisível.

A consequência do uso desses sabonetes é o dano à barreira natural de proteção da pele em relação à umidade, agravando o ressecamento da pele e, consequentemente, gerando o prurido (coceira).

Os sabonetes hidratantes especiais, conhecidos como detergentes sintéticos ou syndets, têm pH ácido (pH baixo), preservando o pH normal da pele, que é de 5,5. O ideal é ele ser o menos perfumado possível.

Eles apresentam como componente o ácido esteárico que atua como um ingrediente protetor e hidratante.

Essa aproximação de pH ácido da pele gera a capacidade de eles serem menos irritantes do que os sabonetes tradicionais e poderem fortalecer a função de barreira da pele. São vendidos na apresentação em barra e em líquido.

A enzima protease serina da pele, que participa da indução da coceira (prurido), é inibida por esses sabonetes hidratantes de baixo pH.

A importância dos sabonetes hidratantes e aplicação de loções e cremes

A quantidade de gordura na pele varia de acordo com a região do corpo. Assim, o teor de lipídio no hidratante deve ser maior nos membros inferiores (a perna é a região mais seca do corpo), nas palmas e plantas, regiões mais pobres nesse componente, através do veículo em creme.

A face e o abdômen, por serem regiões mais oleosas, exigem veículo em loção, mais rico em água.

A ictiose representa uma acentuação do ressecamento da pele onde se evidencia descamação, exigindo cremes hidratantes mais eficientes. 

Ictiose (Pele Seca)

Além do uso de sabonetes hidratantes, é muito importante a aplicação regular de cremes que tenham a propriedade de restaurar a quantidade de água e gorduras perdidas pela pele.

O hidratante ideal simula os lipídeos (gorduras) da epiderme (camada mais superficial da pele) e deve conter substâncias oclusivas, umectantes e emolientes.

A perda de água é recuperada através de umectantes, ou seja, substâncias solúveis, capazes de atrair grandes quantidades de moléculas de água da derme (camada abaixo da epiderme) para a mais externa da epiderme e do meio ambiente, se este estiver com a umidade local alta.

Essa captação será maior ainda se a pele estiver com água (úmida, após o banho). Os principais umectantes são:

  • Glicerol
  • Lactato de amônio
  • Ureia
  • Acetato de sódio
  • Propilenoglicol

Porém, os portadores  de dermatite atópica devem evitar os cremes hidratantes contendo ureia e lactato de amônio.

Os umectantes são mais efetivos se estiverem associados, na mesma formulação, com substâncias que tenham a propriedade oclusiva de inibição da evaporação da água, formando um filme hidrofóbico na superfície da pele, como:

  • Vaselina
  • Dimeticone (o mais utilizado recentemente),
  • Óleo mineral
  • Silicone
  • Cera de abelha

A reposição de gordura é realizada através da aplicação de cremes contendo ceramida

Medicamentos contendo a combinação desses componentes são essenciais para o combate ao ressecamento da pele.

Aplicação dos sabonetes hidratantes e cremes

Os sabonetes hidratantes devem ser utilizados diariamente no banho  em pessoas que sofrem de pele seca e de prurido.

Banho em excesso provoca ressecamento da pele  nos indivíduos que têm tendência a desenvolver eczema (dermatite), especialmente o atópico, porém se tomado apenas uma vez ao dia ajuda na higienização e umidificação da pele.

Além disso, os cremes e loções devem ser aplicados imediatamente após o banho, antes de 3 minutos, não secando a pele completamente.

Os hidratantes com sensação mais oleosa, como os oclusivos, apesar de serem mais efetivos, não geram muita adesão dos pacientes por terem consistência desagradável, pegajosa, em contato com a pele. Essas preparações devem ser reservadas para o uso durante o sono.

Em resumo, a hidratação da pele é fundamental para a restauração e  a manutenção da barreira cutânea, controle da coceira (prurido) e prevenção de infecções da pele.

Agora que você já sabe mais sobre os sabonetes hidratantes e cremes para pele seca e prurido, continue a leitura e saiba mais sobre a Vitamina D.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *