Tratamento da acne: mitos e verdades sobre Roacutan

O tratamento da acne é um tema um tanto quanto polêmico e levanta muitas dúvidas.

Muito frequente na adolescência, a acne chega a acometer cerca de 60% das moças e 70% dos rapazes.

Alguns fatores contribuem para o aparecimento das temidas espinhas, como o aumento da produção da gordura pela glândula sebácea, que é influenciada pela atuação dos hormônios sexuais.

Isso gera aumento na oleosidade natural da pele.

Continue lendo o nosso post e saiba mais sobre o tratamento da acne!

O que não deve ser feito durante o tratamento de acne?

Apesar de a acne ser comum durante a adolescência, algumas atitudes muito reproduzidas por nós agravam a doença.

As mais comuns são:

  • apertar as espinhas (estourar),
  • limpeza de pele exagerada,
  • uso de alguns tipos de cremes no rosto e para alisar os cabelos,
  • uso irregular ou suspensão do tratamento sem recomendação médica, o que favorece a resistência aos medicamentos  da acne.

É um mito que alguns alimentos como o chocolate possam influenciar a evolução do quadro!

Como é feito o tratamento da acne?

Para o tratamento da acne, o principal conselho é paciência, pois a sua duração vai variar de acordo com a gravidade do problema.

Entre as opções possíveis, há a aplicação de medicamento tópico para acne leve, através de antibiótico e ácido retinoico.

Em casos com predomínio de muitas espinhas, especialistas recomendam o uso oral de antibióticos e a isotretinoína.

O que é o Roacutan?

A isotretinoína, comercialmente conhecida como Roacutan, revolucionou o tratamento da acne a partir de 1975.

Ele é o único medicamento que cura a doença, geralmente num ciclo de 6 a 8 meses, porém em 20% dos casos pode ocorrer recidiva.

Dessa forma, geralmente é necessário mais de um ciclo de tratamento, especialmente em rapazes antes dos 20 anos e com acne severa.

É o único remédio que atua em todos os mecanismos de ação da doença, como:

  • produção exagerada de sebo (oleosidade da pele) pelas glândulas sebáceas,
  • desobstrução dos poros da pele, que eliminam o sebo (evita formação dos cravos),
  • combate à bactéria responsável pela inflamação cutânea, responsável pelas espinhas.

Por mulheres em idade fértil, deve ser utilizado acompanhado do uso de anticonceptivo, preferencialmente de 2 tipos, devido aos graves danos ao feto em caso de uso durante a gestação.

Por ser um derivado de vitamina A, provoca ressecamento dos lábios, olhos e pele. Também deve ser evitada a ingestão de bebida alcoólica e exposição ao Sol de forma exagerada para evitar queimaduras.

Apesar dos efeitos colaterais leves, exceto a proibição de gravidez, foram construídas inverdades sobre seu uso, tais como ser causador de depressão e de agressão ao fígado.

Se acompanhado com exames laboratoriais mensais e, no caso das mulheres, de anticoncepcionais até 1 mês após a conclusão do tratamento, é um medicamento muito seguro, além de ser o mais eficaz.

É importante frisar que antes de iniciar qualquer intervenção terapêutica, é essencial fazer uma consulta com um dermatologista que tenha experiência no assunto.


A ProntoPele é especializada no tratamento de acne e pode auxiliar você a recuperar sua autoestima e melhorar sua qualidade de vida. Marque sua consulta e garanta um ótimo atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *